ANDEBOL

Camadas Jovens de Portugal entram em estágio a 1 de novembro

121views

As seleções nacionais de Sub-21 e Sub-19 de andebol, regressam ao trabalho no próximo dia 1 de novembro, tendo em vista a preparação para os Campeonatos da Europa dos dois escalões que se irão realizar em janeiro, do próximo ano.

A Seleção Sub-21, orientada por Nuno Santos, irá regressar ao trabalho após paragem prolongada, devido à pandemia, com os olhos postas na preparação para o Campeonato da Europa de Sub-20 de 2021, que se realizará em janeiro, na Croácia. Portugal está colocado no Grupo B, juntamente com Suécia, França e Rússia.
Importa recordar que o Campeonato da Europa agendado para julho deste ano, foi adiado para janeiro, próximo.
Nuno Santos, treinador da formação de Sub-21, realçou que:
“Este será o primeiro momento de preparação para o Europeu da Croácia, queremos perceber como é que os atletas se encontram e vamos procurar fazer um estágio que se aproxime um pouco daquilo que é a realidade do Campeonato da Europa. Iríamos participar no Torneio 4 Nações, mas nessa impossibilidade, iremos realizar quatro jogos-treino, durante esta semana, para procurar melhorar a articulação coletiva. Esperamos que o estágio corra dentro do que planeámos, sabemos que os atletas têm ritmo competitivo porque estão inseridos na prova máxima do andebol português e iremo-nos preparar o melhor possível.”
Também a Seleção de Sub-19, retoma os trabalhos, no dia 1 de novembro, em preparação do Campeonato da Europa, que terá lugar na Eslovénia, em janeiro, de 2021.
A Seleção das Quinas está inserida no Grupo D, com Croácia, França e Áustria.
Carlos Martingo, técnico da Seleção Sub-19, referiu:
“Temos como objetivo observar novos atletas e procurar jogadores com as características que se enquadrem no nosso sistema defensivo. Muitos destes atletas estão a jogar nos campeonatos sénior, embora sem o tempo de utilização que teriam no campeonato do seu escalão, deste modo, esta será mais uma oportunidade de os observar com maior cuidado. Foi feita uma abordagem com os treinadores destes atletas de modo a entender a sua condição física, em contexto competitivo e de treino. Este grupo ainda não está fechado, isto é, há muitos jogadores que não estão nesta convocatória, mas que poderão estar futuramente. Devido à contingência da COVID-19, em relação às viagens de e para o estrangeiro, optámos por não selecionar atletas que joguem fora de Portugal.”
Fonte e Imagem: Federação de Andebol de Portugal